quarta-feira, 18 de junho de 2008

As gavetas da minha vida...


Arrumando as gavetas,revi todo meu passado,tenho uma gaveta,cheia de lembranças,de menina,de criança....
pensei em juntar tudo,jogar fora,coisas que ja perderarm o brilho,o valor,outras quebradas...assim como ficamos,quando nos decepcionamos...

ficamos de alma quebrada,revi cartas,sonhos,esperanças,tempos de menina moça,primeiro sapato de salto,
vestido rodado, flor no cabelo,
menina,alegre,inocente,que sonha,encanta,
peguei uma sacola plastica,pus tudo que ali estava,sonhos,encantos,desencantos,
pedaços de rosas vermelhas,perfumes velhos,cartinhas de amor,de desabafo,
papeis de bala,lembrei do dia que guardei todos,as frases,as palavras ditas,os choros contidos,
a primeira decepçao, as decisoes...

pensei bem,recuei,pus tudo de volta...
é minha vida..ali...do meu jeito...
hoje...senti um filme na cabeça,desde criança,passando tudo que vivi,as dores que senti...

hoje,ainda sofro...tenho dores,muitas dores...mas o passado,desse passado,da gaveta,consegui superar,mesmo assim
quis guardar...o lixo histórico da minha vida....
recomecei minha vida,imatura,jovem,irresponsável...
sofri,cresci..
recomecei novamente,forte,derepente um tom
bo...sofri,fiquei mal..
melhorei,piorei, encontrei a luz,derepente,essa luz,se apagou por um dia...
morri novamente,me anestesiei,chorei,
não acreditei,me revoltei,me apaguei...
mas hoje,revendo essa gaveta,sentindo a superação...que ali está apenas meu passado,
que nada me maltrata mais,resolvi me dar uma chance,nao jogar nada fora,
resolvi acender a luz da minha alma novamente,
organizando minhas gavetas,
tudo separado,organizado co
m amor,
mesmo sofrendo,mas aprendendo a perdoar a tudo e a todos...
afinal...ninguém sabe tudo, precisamos cair para levantar,
tenho que acreditar em mim,no outro,na vida...

nao quero fechar as gavetas,quero usa-las sempre,todos os dias.
abri-las,escolher o que há de adequado para aquele dia,
não me preocupar tanto...com o amanha...nem com o ontem...
mas com o hoje...

viver...
perdoar...
amar...
ELANE REBELLO
****************************

momentos meus...
ame até que doa, se dói,é um bo
m sinal...
madre Teresa de Calcutá.
************************************************

Agradeço minha bela amiga Claudinha,do essencialmente feminina,por colocar meu outro blog

http://elane-rebelo.zip.net,

em destaque no seu blog, entre os dias 17 a 24 de junho!


Linda.obrigada, você é um anjo de luz!!!



nesse blog as borboletas do selinho sumiram...kkk
ou eu que sou lesada mesmo!!!

4 comentários:

  1. querida Elane, interessante seu post,diferente.Olha, eu penso que o único momento que importa é o agora, que é onde construímos nosso futuro.è bom recordar, mas é bom sempre ter em mente que aquilo passou,ficou lá trás, e a pessoa que viveu aquilo, tb já não é a mesma!!Guarde o que realmente te importar, mas não hesite em jogar fora o que te fez infeliz.renove-se sempre!bjus mil, te adoro, walk on forever,monicavox

    ResponderExcluir
  2. Você realmente nos surpreende com sua capacidade de reflexão e discernimento das coisas. Adoro vc, av, bj

    ResponderExcluir
  3. "Devem buscar-se amigos como os bons livros. Não está a felicidade em que sejam muitos nem muito curiosos; e sim poucos, bons e bem conhecidos."


    ( Mateo Alemán ); jogue o que te mágoa, e guarde no coração só boas lembranças, as que te fazem feliz!!! bjs

    ResponderExcluir
  4. Vixe se mexer nas minhas gavetas da vida vai sair cada coisa. Um beijo pra vc

    ResponderExcluir

Agradeço suas preciosas palavras!!bj!!

Acredite em você

Acreditar em nossa capacidade interior é questão de sentir, quando você conecta-se ao universo e sente aquela energia preencher-lhe a alma,...