besos

besos

sábado, 15 de novembro de 2008

ódio...




Ódio é água que molha sem molhar
é cegueira que enxerga mas não se vê
é uma felicidade de um infeliz porquê
é prazer em dor por não poder amar

É um querer muito o que não se quer
é ficar só por não ganhar o coração
é negar o bater sentido do querer
é ganhar nada por perder a razão

É desejar um desejo indesejado
é servir um prato frio de sal e sódio
é ser odioso por não ter amado

Mas como pode causar lugar no pódio
de um fado tão triste e malfadado
se tão semelhante a si é esse ódio?
_____
desconheço o autor
************************

Quase todos já odiamos alguém, por isso sabemos que se
trata de uma sensação desagradável.
Ninguém, até hoje, sentiu-se feliz por odiar uma pessoa.
É preciso abandonar o ódio para se tornar feliz,
porque o próprio ato de odiar, provoca a infelicidade.
Apesar disso, os homens insistem em odiar. Apegam-se ao ódio,
juntam-se a ele como se fosse um ente querido e acham tudo
muito natural. Isso se dá, basicamente, porque se tende a atribuir
culpas a pessoa odiada.
É preciso saber que o ódio é um sentimento perigoso, que acaba ferindo
quem o cultiva. Aquele que odeia, torna-se vítima de doenças, de acidentes
e de inúmeros outros acontecimentos infelizes.
Porque a lei determina que o corpo e o ambiente, são projeções mentais;
isto é, o estado da mente reflete-se no corpo carnal e no ambiente.
___________________________
continua no próximo post...
abço a todos,
aos poucos estou voltando!!
____________
outro blog:

http://bruxinha3.zip.net




15 comentários:

  1. Belo Post Lane!!!

    A inveja e o ódio, mesmo se acompanhados pela inteligência, limitam o indivíduo à superfície daquilo que constitui o objeto da sua atenção. Mas, se a inteligência se irmana com a benevolência e com o amor, consegue penetrar em tudo o que nos homens e no mundo há de profundo. E pode mesmo acalentar a esperança de atingir o que possa haver de mais elevado.


    Prefiro ao amor....vivo bem melhor, ódio não cabe no meu coração...bjssss

    ResponderExcluir
  2. Disse tudo Lane, inveja e odio é o que mais tem atualmente, tô fora, olha, um ótimo final de semana, um grande beijo, um abraço no Professor.

    ResponderExcluir
  3. Todos os sentimentos nocivos, assim o são por serem nocivos à ambos: quem os sente a para quem os transmite. Podem produzir malefícios orgânicos, emocionais e espirituais. Portanto a tomada de consci~encia é importante, para que se faça uma "limpeza" interna e fazendo melhor uso do potencial na direção do crescimento. Beijos a você, ao Sergio e aos vossos filhos.

    ResponderExcluir
  4. Olá Elane e Sérgio, parabéns pela belíssima postagem... Apesar do tema, o Soneto é lindo, assim como a vossa reflexão!!!
    Beijinhos desta vossa Amiga, Fernandinha

    ResponderExcluir
  5. Eu penso que odio é uma coisa que a gente nao deve nunca alimentar, é difcil, nessa vida é complicado, falar é muito facil, mas uma coisa é interessante, enquanto estamos odiando uma pessoa, remoendo uma coisa, envelhecendo, essa pessoa não ta nem ai pra gente, ou seja, que sofre somos nós, então eu prefiro trocar o odio pela indiferença, se uma pessoa te faz mal, e voce odia la, ela nem liga, mas se voce fingir que ela nao existe, e despreza la, é um tapa de luvas.....beijos minha doce poetisa, não suma nunca....beijos na alma e uma linda semana pra ti...e por Mestre é claro....

    ResponderExcluir
  6. Gostei do poema do desconhecido e do seu texto. A odiofobia não mata mas fere muito.

    ResponderExcluir
  7. Oi, querida sábia

    Só tenho que dizer que concordo. Quando conseguimos entender a nós mesmo, a não nos culpar, também fica mais fácil entender o outro. Entender que o outro é aquilo que consegue ser, de bom e de ruim. Ninguém erra e falha por querer, e sim por suas próprias limitações emocinais.

    Gostei muito.

    abraços

    ResponderExcluir
  8. ...página lindíssima repleta
    de perfeitas reflexões!

    lindo isso.

    bjs

    ResponderExcluir
  9. querida amiga, bjs mil com mil margaridas pra toda a semana.

    ResponderExcluir
  10. Ola.
    Uma otimo reflexão,
    em momento oportuno.

    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  11. Passando para desejar uma ótima semana . beijos

    ResponderExcluir
  12. Uma terça feira de muito amor pra esse seu coração musical e poetico...beijos na alma...

    ResponderExcluir
  13. Passando pra deixar um beijo. E o Professor? Precisamos da torcida dele pra ver se o Palmeiras conquista ao menos uma vaga para a Libertadores.

    ResponderExcluir
  14. vc viu a raiva que eu estava, asvezes chego a odiar ele, outras tolero, mas aos poucos vou me curando, e tentando melhorar, a mim...

    odio é perigoso, destroi agente por dentro, sim eu sei, mas ao mesmo tempo negar o odio pode ser esconder um sentimento, asvezes é melhor coloca-lo para fora de alguma forma do que esconder ele dentro de nos...

    Uma monja budista diz que é melhor parar, ficar quieto, e sentir tudo o sentimento indesejado, deixar ele vir a sua forma mais forte, pq depois ele fica fraco e se acaba...

    Nossa vc tem uma historia em tanto, mas se vc ama, va em frente, fique com seu amado, mas não sai correndo atraz de um amor so pq quer...

    muito obrigado por tudo o que vc me disse me ajudou muito...espero mesmo que sua outra filha venha morar com vc...

    bjãooooooooo!

    ResponderExcluir
  15. o ódio faz mal, traz coisas ruins para nossas vidas, porém faz parte do ser humano e é necessário para o aprendizado.

    Esse poema me lembrou Camões. Adorei o post. abraços

    ResponderExcluir

Agradeço suas preciosas palavras!!bj!!