besos

besos

domingo, 9 de novembro de 2008

Renúncias...

O peso de nossas renúncias

O peso de nossas renúncias

por Silvana Giudice - silvanagiudice@hotmail.com

Quantas vezes em nome de “algo” não renunciamos?


A renúncia é a entrega daquilo que ainda queremos, mas pensamos que não devemos.


Poderia ser “abrir mão” de um cargo, um bem material, ou até o amor de alguém.


Na trilha de nossa vida, muitas vezes, seguimos caminhos decididos, em busca de algo que temos certeza que é pelo nosso bem.


Nos deparamos com inúmeras adversidades, contrariedades, mas continuamos firmes.


Encontramos pessoas que tentam nos influenciar, para que mudemos nosso trajeto, mas não!!


Temos um ideal e por ele enfrentamos o mundo.


Somos tomados de uma força incontrolável, e quando chegamos a reta de chegada, sentimos a imensa graça da satisfação . A alegria da superação. O orgulho de termos seguido passos firmes com determinação.


Mas na trilha de nossa vida, carregamos em nossa “mochila de viagem” algumas vezes o sentimento de “entrega”.


Uma entrega sofrida que chamamos de renúncia.


Por que será, que em alguns momentos de nossa vida não lutamos por aquilo que queremos?


Pensamos na dor dos envolvidos. Aqueles que se sentiriam desemparados, traídos, ofendidos, indignados e magoados com a nossa atitude.


E, então, passamos a encenar um filme, para não decepcionarmos os pais, o marido ou a mulher, os filhos, o chefe, o papagaio, o cachorro e protagonizamos o “cowboy” valente em resguardar e proteger a todos.


Comovente atuação!!!


Um “Oscar” de desempenho de nosso próprio abandono.


A perfeita representação na fita que poderia se chamar...”Vivendo uma ilusão”.


Mas somos aplaudidos, os outros seguem felizes e, nós, enganados de que fizemos o nosso melhor.


Só não percebemos que não tivemos a humildade de reconhecer as nossas fraquezas!


Quantas vezes você não renunciou?


Quais foram as vantagens em contra partida ao que você subjugou que foi o de ver o seu coração partido?


Quanto tempo ainda teremos que protagonizar as nossas mentiras, para ser simplesmente os coadjuvantes das verdades da vida?




Convém refletirmos o peso de nossas renúncias!

Alguem disse:


algumas vezes, por uma

causa sincera,


pode realmente valer a pena......outras vezes, não!

Silvana Giutica
terapeuta holística

___________________________________________________

ótimo domingo e uma semana maravilhosa!!
estou em semana de provas
mas logo logo, volto!!
obrigada pelo carinho!!

e pense, não
somos super-heróis!!!
_____________________________
bj na alma!!!

Texto revisado por: Cris


9 comentários:

  1. Texto muito esclarecedor. Ponderar bem antes de renunciar. Pois há aqueles tipos de renúncia que não valem a pena, podendo afetar todo um transcurso da Vida de uma pessoa. Boas provas! Ótimo domingo! Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Passamos a vida a renunciar em prol de algo. Algumas renuncias não percebemos, outras são conscientes, outras interferem em nossas vidas para sempre. O ruim é quando renunciamos ao nosso direito de viver bem, com tranquilidade. Quando renunciamos a nós mesmos. E acontece com mais frequência do que podemos imaginar.

    Fica em paz, boas provas, ótimos momentos.

    Esse texto é para ler e reler, refletir muito.

    abraços

    ResponderExcluir
  3. Eu penso que nessa vida até dá pra renunciar em alguns casos em beneficio de outros ou de outras pessoas, o que não dá é pra renunciar de nossos sonhos e objetivos....beijos minha linda e uma excelente semana pra ti...

    ResponderExcluir
  4. Que vc tenha uma semana de alegrias e muita Paz, abraços da Amiga....Marcinha*

    Tenha Sonhos!! Você precisa ter sonhos, para que possa se levantar, todas as vezes que cair. Acreditar que, a toda hora, acontecerão coisas boas, e mudar o rumo da sua vida. Você precisa ter sonhos grandes e pequenos. Os pequenos são as felicidades mais rápidas, os grandes são os que dão força para suportar o fracasso dos sonhos pequenos...

    ResponderExcluir
  5. Querida Bruxinha...Boas provas e uma excelente semana...Dá um abraço no Sérjão(vadião kikikikiki)Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Lane, obrigada pelos votos de melhora, eu já estou bem melhor graças a Deus ao carinho de vocês!
    Eu adorei o teu texto. E eu acho que a maioria das vezes em que renunciamos algo é em por causa de alugém, é para agradar alguém, para não contrariar alguma pessoa só que certas renúncias sempre deixarão um vazio dentro da gente, por isso, temos que pensar bastante antes de renunciar pois o peso da renúncia pode ser pesado.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  7. Muitas saudades de ti meu anjo, cade voce? rs..rs...rs...beijos e uma linda terça feira na paz do Senhor...

    ResponderExcluir
  8. Passando para deixar um xero proceis tudim!!!!!

    bjinhos!!!!

    "É durante as fases de maior adversidade
    que surgem as grandes oportunidades
    de se fazer o bem aos outros".

    ResponderExcluir
  9. Que coisa boa encontrar seu blog...
    Fiquei um bom tempo aqui aprenciando a riqueza dos textos.
    Parabéns!
    Que os bons ventos sempre me guiem a horizontes assim...
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir

Agradeço suas preciosas palavras!!bj!!