terça-feira, 24 de novembro de 2009

esse post é velho...

Sentada na janela de bermuda e blusinha,
estou eu, a olhar a rua, as folhas, os andares, os pesares...

Sentada na janela,apenas sonhando, sentindo o sol primaveril,
nem calor, nem frio,as vezes arrepio...

Sentada na janela, nem alegre , nem triste,
apenas sei que você existe...

De longe, meus olhos fechados, eu penso em você.
São fragmentos, são momentos, são alentos...

Palavras trocadas, palvras doces,palavras duras...
Te magôo, você me magoa, mas o amor tudo perdoa...

Sentada na janela, sinto a bruma leve,sinto o tempo correr pra trás...
num sol desbotado, eu correndo entre os quintais...

bons tempos que não voltam mais...

Sentada, penso no que fui, no que sou, no que falei...
se magoei,se perdoei, não sei...
apenas chorei...
******************************************************

BY LANE**
______________________________
Tudo é possível, até o perdão,
não é fácil, muitas vezes, derramamos muitas
lágrimas para pô-lo em prática,
mas essa é a prova que o amor a tudo deve vencer.,,
(elane)

8 comentários:

  1. Mais que gatinha buitinha representativa no texto, beleza! kkkkk

    Seu texto é joinha, chorar é bom com certeza se sentiu ou sente vontade deixa rolar!

    O importante é a gente perdoar...

    Porreta
    bjs
    O Sibarita

    ResponderExcluir
  2. Lane, adorei esse poema. Gostei muito desse trecho:
    "Sentada, penso no que fui, no que sou, no que falei...
    se magoei,se perdoei, não sei...
    apenas chorei..."
    Genial, né? Um carinhoso beijo. Manoel.

    ResponderExcluir
  3. Lane, um post desses, derramado com tanto amor e reflexão, nunca envelhece; fica melhor a cada sol.
    bj

    ResponderExcluir
  4. Menina, "tamo ficando veio mesmo"...s.rs..rs...eu como seu sudito, lembro desse post, tambem escrevo muito da janela, penso que dela vemos a vida correr, passar, sorrir e brincar, vemos pessoas apressadas que nao veem o passado e nem o futuro,,,e pior, nao tem presente, dai a gente chora, se comove, fica triste , sorri sem alegria, e mais, ao olhar pra dentro da janela só solidão e alma triste,,,,e pra finalizar, concordo contigo, o perdão é possivel, ele mora dentro da gente, basta a gente liberta lo, é complicado, é dificil, mas um dia chegamos a conclusão que,,,se a gente nao perdoa, quem sofre somos nós, nosso algoz não ta nem ai pra gente.....beijos menina,,,tenha um dia assim,,,,,como voce....lindo de paz e alma....beijos carinhosos.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia meu anjo, passando pra deixar um beijo carinhoso e desejar paz,,,,essa musiquinha é antiga...eu lembro que tinha uma radio aqui em bh que falava que era o melo do papel...porque ela chega numa parte que fala...papapapapel...rs..rs..rs...beijos na alma, fique com Deus e cuide se...

    ResponderExcluir
  6. Olá minha miga.
    concordo plenamente com o Sibarita.
    As lágrimas são a chuva da gente
    nuvens do nosso tempo íntimo que precisam desabafar.
    Beijinhos doces, minha amiga.
    Regina Coeli.

    Aguardo sua visita ao meu cantinho.

    ResponderExcluir

Agradeço suas preciosas palavras!!bj!!

Acredite em você

Acreditar em nossa capacidade interior é questão de sentir, quando você conecta-se ao universo e sente aquela energia preencher-lhe a alma,...